Pesquisar este blog

sexta-feira, 20 de março de 2009

Aliança - Com Deus é inquebrável!!!

Shalom!!!

(Êxodo 19:5,6,8)
"Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então, sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos; porque toda a terra é minha; vós me sereis reino de sacerdotes e nação santa. São estas as palavras que falarás aos filhos de Israel. Então, o povo respondeu à uma: Tudo o que o SENHOR falou faremos. E Moisés relatou ao SENHOR as palavras do povo."

Na Bíblia, a palavra aliança ocorre 299 vezes, incluindo Novo Testamento e Velho Testamento. Deus tem dito ao seu povo e firmado que a Aliança é perpétua e do lado dele não quebra. E é verdade. Quando nos mantemos firmes na sua palavra, a aliança que Deus fez conosco através do povo no Velho Testamento e no Novo Testamento através de Jesus, demonstra a agenda de Deus em todos os níveis.

Nestas 299 vezes, Deus sempre reafirmou a sua disposição em cumprir tudo o que Ele prometeu. O elo fraco desta aliança é o homem. Pois sempre em algum momento tem falhado no cumprimento e na execução.

A aliança com Deus é como um contrato, um acordo, e não podemos falhar com Ele. E vemos que Deus sempre está reafirmando que da sua parte ainda está de pé.

O homem tem falado muito em alianças, tem criado situações para perpetuar a aliança. Porém, também temos visto pessoas abusarem do verdadeiro sentido da aliança. Confundem o que de fato ela nos ensina, e quer comparar a aliança entre homens, como a mesma aliança com Deus.

A igreja é o corpo de Cristo, por isso temos tantas denominações evangélicas neo testamentárias, mas todas fazem parte do corpo de Cristo. No entanto, tem pastores que acham que são donos das ovelhas, na verdade quem pagou o preço foi Cristo, Ele sim pode reivindicar esta posição.

As ovelhas vão e vem, entre um aprisco e outro. Mas assim como as empresas hoje estão disputando a fidelidade ferozmente, isso não deixa de refletir na igreja. As empresas buscam cada dia conhecer melhor o seu cliente, criar produtos que atendem e facilitem o dia-a-dia do seu cliente, ou seja, a empresa investe muito tempo e dinheiro para manter a fidelidade das ovelhas.

A igreja hoje precisa fazer isso também. Hoje vemos líderes que abandonam as funções do seu chamado como buscar a ovelha desgarrada, ferida e doente, porém quando a ovelha começa ir para outro aprisco, cobra a aliança da ovelha, mas não percebem que eles mesmo já quebraram a aliança a muito tempo!!!

O relacionamento pastor e ovelha é de conquista contínua, sempre devemos apascentar, cuidar, orientar, estar perto, até longe fisicamente, mas perto.

A verdadeira reflexão que como pastores devemos ter quando nossas ovelhas começam a visitar outro aprisco, é olhar para dentro de si e se perguntar: O que eu devo mudar? Onde estou errando? Por que meu nível de influência está caindo? E não chantagear ovelhar com alianças, quebras, etc, ou ainda colocar a culpa no líder do outro aprisco.

O casamento é assim, não é porque casamos, agora podemos tratar a esposa de qualquer jeito, os filhos de qualquer jeito, pelo contrário, casamos, aí devemos dar mais valor, cuidar mais, entender mais, ser mais companheiro.

O ovelha precisa ser tratada dessa forma, Jesus nos trata assim. No fim todos somos ovelhas Dele, e devemos seguir o exemplo do Pastor maior.

Vamos buscar respostas e tomar providências reais de mudança de comportamento e atitude, não só discurso, retórica, teoria vazia. A ovelha conhece, não é ingênua assim.

Eu gostaria aqui de pedir a todos os pastores do mundo (em breve vou publicar este mesmo texto em inglês), para fazer uma reflexão neste texto.

Não somos donos de ovelhas. O dono é Cristo. Nosso nível de influência e relacionamento deve ser o mesmo em todas e quaisquer circunstâncias. O fato da ovelha ir em outro aprisco, não é culpa da ovelha e nem do lider do outro aprisco. É culpa nossa mesmo. Precisamos mudar. Precisamos ter o coração do povo.

O pastor que tem o coração das suas ovelhas, dificilmente passa por isso. É diferente, a ovelha está num processo de constante conquista.

Pastores, vamos orar neste propósito. Eu sei que é dolorido ver sua ovelha visitar outro aprisco. As vezes achamos que a ovelha é injusta, ingrata. Mas será que é mesmo? Vamos refletir.

Deus te abençoe e deixe que Ele ministre na sua vida sobre esta palavra.

Pr Junior Silva / Pra Laura Valeria
Presidente do MBA

Nenhum comentário:

Postar um comentário